CONDE D’ERVIDEIRA VINHO DA ÁGUA BRANCO

R$289,90

Quando não podíamos imaginar nada mais inovador, a Ervideira vem e nos surpreende mais uma vez. O Conde D’Ervideira Vinho da Água Branco é uma prova disso: o conhecido “melhor branco do mundo”, produzido apenas com a casta Antão Vaz, Conde D’Ervideira Reserva Branco, que estagia 6 meses em carvalho húgaro de primeiro uso, é submergido a 30 m de profundidade no lago Alqueva, onde fica por mais 8 meses em evolução dentro da garrafa. Isso torna-o um vinho completamente diferente, de grande expressividade, volume e final de boca macio.

Em estoque

MAIS POR MENOS

Compre A Unidade Sai Por
1 - 2 R$289,90
3 - 5 R$275,40
6+ R$246,41

Descrição

Quando falamos em Ervideira três palavras vêm em nossa mente: qualidade, inovação e irreverência e o Conde D’Ervideira Vinho da Água Branco é fruto disso. Buscando sair do lugar comum a Ervideira desenha um projeto a ser integrado na sua linha “Conde D’Ervideira Reserva” e destina parte da produção dessa linha ao lago Alqueva. Sim! Após 6 meses estagiando em carvalho novo húngaro, essa parcela da produção é engarrafada e submersa no lago Alqueva, onde fica mais 8 meses em evolução com condições excepcionais para tal. Resultado: um vinho belíssimo, encantador, volumoso em boca, cheio de complexidade e intensidade de aromas e saboras. Um verdadeiro néctar diretamente do Alentejo. Uma dica é fazer uma degustação às cegas com ele e com o Conde D’Ervideira Reserva Branco e buscar a diferença desses “irmãos gêmeos, criados em lugares diferentes”.

Para manter a tradição da Ervideira, uma vinícola estruturada em três pilares principais: qualidade, inovação e irreverência, este vinho é sempre uma curiosidade para quem o toma, afinal, acostumados com o Conde D’Ervideira Reserva Branco, temos aqui uma versão do mesmo mas com um processo de evolução totalmente diferente: após o estágio em carvalho o vinho é engarrafado e submergido nas águas do lago Alqueva. Assim como os demais vinhos da vinícola, a sua colheita é noturna e para conseguir chegar ao nível de qualidade que propõe para este vinho, são selecionadas uvas das parcelas de vinha mais antigas da casta Antão Vaz, cuja a produção é menor, mas muito mais concentrada em sabores, aromas e características estruturais para a produção de um vinho excepcional. Na taça você irá encontrar um vinho explendido de aromas e sabores luxuosos e envolventes.

 

 

 

Nota do Produtor

Características Gustativas: Aveludado, volumoso e untuoso, este vinho é um presente em boca. As notas percebidas no nariz se intensificam no paladar, associadas à uma acidez equilibrada e taninos suaves e sedosos.

Características Olfativas: Aroma intenso e exuberante que dá destaque às notas tropicais clássicas da Antão Vaz, complexadas pelo estágio em carvalho que traz toques de baunilha, especiaria e coco.

Características Visuais: Límpido de intensidade média e com coloração amarelo palha com nuances douradas e esverdeadas

Harmonização: Massas acompanhadas por molhos mais gordurosos, intensos ou a base de leite, risotos, suflês, peixes de sabor mais intenso ou com acompanhamentos mais condimentados, Bacalhau com Natas, Bacalhau Espiritual, Bacalhau a Zé do Pipo ou Bacalhau à Lagareiro, frutos do mar, pratos à base de carnes brancas e molhos cremosos, sobremesas de frutas.

Produção: Vindima mecânica e noturna. Escolhem-se as 4 variedades que tiveram um melhor comportamento vegetativo e que sejam expressivos do ano da colheita. Assim que as uvas chegam à adega são prensadas e de seguida os mostos clarificados estaticamente por influência do frio. Em seguida são inoculadas leveduras selecionadas e inicia-se a fermentação alcóolica, em depósitos de inox. A fermentação ocorre na câmara de frio a uma temperatura controlada de 15º. Nesta safra o processo decorre casta a casta. As uvas Antão Vaz são desengaçadas, ligeiramente prensadas em vácuo. Após essa etapa fermentam a temperatura controlada entre 10º e 12ºC. As uvas Arinto são desengaçadas e enviadas, sem esmagamento, para “vinimatics”, para maceração pelicular entre 6 e 10 horas. Posteriormente são prensadas e enviadas para a câmara de frio.

Envelhecimento: Não há passagem por madeira.

 

Ficha Técnica

Safra: 2018

Tipo: Branco

País de Origem: Portugal

Região: Alentejo

Castas: Antão Vaz

Graduação Alcoólica: 13,50 % vol.

Temperatura de Serviço: 7° – 9°C

Doçura –  0 a 5: | Acidez –  0 a 5: 4  | Tanino –  0 a 5: 1 | Frutado –  0 a 5: | Corpo –  0 a 5: 4

Apresentação: 750ml 

Informação adicional

Peso 1.51 kg
Dimensões 14.5 × 9.3 × 30 cm
Partner Logo 1 SSL Seal
Message Us on WhatsApp

Invite & Earn

X
Signup to start sharing your link
Signup